Ninguém Morre de Amor

love you Ninguém Morre de Amor

Esse é um post escrito baseado em experiências pessoais, porém, peço que não o leiam como forma de retaliação a alguém em específico, são pensamentos soltos, traduzidos em palavras.

Desde que me mudei para São Paulo MUITAS coisas têm acontecido comigo. Muitas boas e muitas ruins, embora tenha sofrido um bocado com essas ruins, estou me mantendo forte e feliz por estar passando por isso. Por quê? Porque me sinto viva, sinto que estou crescendo, evoluindo e aprendendo com cada uma delas. Ficar longe da família, não ter dinheiro, amigos, perder o emprego e perder quem eu julgava ser o amor da minha vida, não foi/tem sido fácil, porém tudo isso me deixa mais forte, porque sei que vou superar cada uma dessas coisas e daqui a alguns anos poderei olhar para trás e pensar “tudo valeu a pena e me tornou quem sou hoje”.

Continue reading