Opinião

Sou gorda, e agora?

E aí que quando eu comecei a fazer vlog, comecei a receber vários comentários, alguns bons, outros ruins e uns que, confesso para vocês, achei no mínimo curiosos.

“Ah o seu vlog é legal, mas você é gorda”
“Ela seria bonita se não fosse gorda”
“Curti o seu video, legal você fazer arte marcial, mas por que você é gorda?”

Juro que não fiquei chateada com os comentários, afinal eu sou gorda mesmo. Só achei engraçado as pessoas usarem isso para tentar me ofender, não tem como me insultar falando do meu peso, até porque esse comentário é verdadeiro. Eu ficaria chateada se falassem coisas que eu não sou. Ou você acha que um careca fica triste quando alguém chega e diz “ei, você é careca!”?

Por outro lado, ultimamente, algumas pessoas têm comentado outras coisas.

“Você é uma gordinha muito gostosa”
“Você é linda”
“Entenda a diferença entre gorda e gordelícia”

Ou um que eu tenho recebido com uma certa frequência.

“Já pensou em ser modelo plus size?”

Modelo Plus Size?! O que é isso?

Eu sempre achei que modelos precisavam ser magras, macérrimas ou quase, esqueléticas.

Resolvi pesquisar e achei fotos lindas de mulheres lindas e gostosas. Quando se fala de mulher gorda, todo mundo pensa numa imagem assim.

Ninguém imagina que uma gorda possa ser assim.

Claro, que tem gente que não gosta, afinal existe gosto para tudo.

Mas, dei uma pesquisada no twitter e vi que nem todos pensam dessa forma.

Sempre tive vergonha do meu corpo, mas depois de um tempo comecei a aceitá-lo, e como faço exercício o tempo todo, sei que sou uma gordinha firme, com tudo no lugar.

Tenho recebido e-mails de meninas que sofreram ou sofrem muito preconceito por causa do seu corpo, dizendo o quanto eu as inspiro e passo confiança e que isso tem feito muito bem para elas. Isso me deixa feliz, é isso que vale para mim. As pessoas acabam percebendo quando a gente se sente bem em relação a nós mesmos, e literalmente, param de encher o saco. Os trolls só se alimentam de quem não tem força e acha que a opinião deles vale pra alguma coisa, mostre o contrário, confie em você!
Pensando nisso, eu e o fotógrafo Thiago Marzano estamos preparando um ensaio da gordinha que voz fala, que no começo relutou um pouco, porque ainda tem medo de alguns esteriótipos, mas que abraçou a causa e acha que vai fazer as gordinhas terem mais orgulho delas mesmas.
TÁ FALADO!

Quer saber mais? Clica aqui!

Por

Ana De Cesaro

em 3 de fevereiro de 2011

Comentários